Imprensa / Notícias do Setor / Espaço do Associado

23/03/2018



UBERLÂNDIA SHOPPING: HORA DO PLANETA DEVE SER ADOTADA TODO DIA


Uberlândia Shopping: hora do planeta deve ser adotada todo dia

 

Pela 6ª vez, o Uberlândia Shopping, que tem a sustentabilidade como prática contínua, vai aderir à ação mundial “Hora do Planeta”, que será realizada no dia 24 de março, a partir das 20h30. Os lojistas também são incentivados a diminuírem a iluminação das vitrines. O empreendimento reduzirá parcialmente suas luzes para lembrar seus visitantes e colaboradores sobre a importância da participação de todos no combate ao aquecimento global. A iniciativa é promovida pela World Wide Fund for Nature (WWF), organização não governamental que se dedica à conservação da natureza.

Durante a ação, o Uberlândia Shopping vai funcionar normalmente, e além da conscientização dos seus visitantes, também vai difundir a campanha por meio de suas redes sociais e sites, incentivando o público a aderir à causa, que é um dos mais críticos e importantes temas globais do século.

“O shopping foi projetado pensando na sustentabilidade, por isso apoiamos qualquer campanha que incentive ações em favor do meio ambiente. Somos um shopping automatizado, sustentável com resultados significativos em economia e reuso de água pluvial. Queremos mais uma vez fazer parte dessa ação ímpar para o planeta, dessa história de bons exemplos, afinal a hora do planeta deve se apresentar todo dia, nas ações de cada um”, disse o superintendente do Uberlândia Shopping, Fredson Dourado.

Economia

O Uberlândia Shopping trabalha com soluções arquitetônicas sustentáveis para a redução de energia elétrica. A água dos chuveiros temporizados do vestiário é aquecida por sistema solar e muitos espaços recebem iluminação natural devido às vidraças. Com isso, é possível manter desligadas 60% da iluminação destes ambientes. Já o sistema de automação predial, é fácil otimizar e gerir o sistema de iluminação e ar condicionado do complexo.

O sistema de ar condicionado de auto rendimento representa de 25% a 30% do total do consumo de energia elétrica. No controle de iluminação, o edifício funciona com sensores de luminosidade (luximetro) com diferentes set-poits para ligar e desligar a iluminação em função da iluminação natural.

As torneiras têm sensores de presença, e as descargas são econômicas, com controle do volume de água. Além disso, o empreendimento conta com um sistema de captação de água pluvial, que funciona por meio de um reservatório com duto específico. A chuva cai, passa por um filtro que retira qualquer sujeira sólida que vem das telhas, e depois encaminhada para um reservatório instalado nas áreas técnicas. Ali ficam reservados milhares de litros de água não potável, mas tratada por uma bomba dosadora de cloro. Esta água é bombeada até um reservatório que conectado a tubulações abastecem as descargas dos vasos sanitários e irrigam todas as plantas que compõem o paisagismo no local. Além de fazer o dever de casa em prol de um bem maior, a ação também faz bem para o bolso.